Inteligência Artificial passa em exame de acesso à Universidade
Inteligência Artificial

Inteligência Artificial passa em exame de acesso à Universidade

Um programa de inteligência artificial recebeu notas tão altas num teste de escolha múltipla que teria 80% de hipóteses de entrar numa universidade japonesa.

O Wall Street Journal relata que o programa, desenvolvido pelo Instituto Nacional de Informática do Japão, fez um exame de admissão para universidade com várias matérias e passou com uma pontuação acima da média de 511 pontos de 950 possíveis, sendo a média nacional de 416. Com uma nota destas, o programa tem uma probabilidade 8 em 10 de ser admitido numa das 441 instituições privadas e 33 publicas do país.

A inteligência artificial demorou algum tempo a ser aperfeiçoada e ainda precisa de ser melhorada em certos aspectos. A equipa por detrás deste projeto começou o desenvolvimento em 2011, o mesmo ano em que o supercomputador IBM Watson derrotou Ken Jennings e Brad Rutter, os campeões de Jeopardy! (um programa de televisão de perguntas e respostas), num torneio de vários dias.

Todai Robot Project tem como objetivo desenvolver um programa suficientemente inteligente para entrar na Universidade de Tóquio, a escola mais prestigiada do país, frequentemente chamada de “Harvard do Japão”, em 2021. (“Todai” é o apelido para Tokyo Daigaku, o nome da universidade em japonês.)

No inicio deste ano, um programa dos EUA conseguiu fazer o SAT, prova de escolha múltipla cuja nota é utilizada por várias universidades americanas, e resolveu questões de geometria do 11º ano.

Mas agora, o sucesso da equipa japonesa prova que um software pode ser programado para resolver problemas complexos com palavras, combinar imagens e texto, e pode ser capaz de um reconhecimento semântico, o que permite responder a diferentes tipos de questões.

[The Wall Street Journal]

deixe um comentário